Insígnias com Radioescotismo

banner_escoteiros_radioescotismo_pq
No Programa Escoteiro, verificamos que as Insígnias de Interesse Especial de Cone Sul e Lusofonia tiveram alterações nas suas exigências. Nessas alterações, foram incluídas as sugestões extraídas do Encontro Regional de Radioescotismo de São Paulo, apresentadas pela Equipe Regional Paulista, que depois de apresentadas à Equipe Nacional, foram encaminhadas à Direção Nacional, que procedeu as inclusões eficientemente.
Há necessidade de divulgarmos tais itens dessas Insígnias especiais e de trabalharmos para que os interessados possam ser plenamente orientados e auxiliados em nossos Grupos Escoteiros, mostrando assim que a participação nas atividades de  Radioescotismo também contribui para a conquista dessas insígnias.
A Equipe Nacional de Radioescotismo e a Direção Nacional dos Escoteiros do Brasil agradecem à Equipe Regional de São Paulo por mais essa colaboração.
Confiram, a seguir:

INSÍGNIA DO CONE SUL – RAMO ESCOTEIRO

Insígnia Cone Sul Escoteiro

Escotismo

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

a) Apresentar para sua Tropa como é o Escotismo em pelo menos 3 países do Cone Sul (vestuário/uniforme, distintivos, idades para ingresso, símbolo da associação, estrutura, etc).
b) Participar de um Jamboree Panamericano ou outra atividade com escoteiros de outros países do Cone Sul.
c) Participar de um JOTA – Jamboree on the Air, comprovando os contatos realizados com outros escoteiros do Cone Sul, por meio do “cartão QSL da estação” recebido.
d) Preparar um prato típico da culinária mateira, que seja popular em outro país do Cone Sul, e não usual dos Escoteiros do Brasil.
e) Aprender uma técnica de campo (pioneiria, amarra, confecção de forno, etc) que seja diferente ou não usual dos Escoteiros do Brasil, e aplica-la em uma atividade.

Cultura

Realizar pelo menos três, dentre as opções abaixo:

a) Explorar a música e a dança em pelo menos 3 países do Cone Sul, destacando quais os principais ritmos, cantores e instrumentos.
b) Fazer uma esquete baseada em uma lenda ou conto de um outro país do Cone Sul.
c) Elaborar um jantar completo (prato principal, acompanhamento, bebida e sobremesa) para sua Patrulha.
d) Ler um livro originário de outro país do Cone Sul e apresentar um resumo para sua Seção.
e) Participar de uma festa típica relativa à cultura de outro país do Cone Sul.

Linguagem e Comunicação

Realizar pelo menos duas das atividades abaixo:

a) Acompanhar as principais notícias de um site de notícias ou jornal de outro país do Cone Sul, por pelo menos duas semanas, e apresentar uma coletânea para a sua Seção.
b) Entrar em contato com um jovem (escoteiro ou escoteira) de um outro país do Cone Sul, e produzir uma notícia sobre uma atividade realizada por ele.
c) Participar de uma atividade de radioescotismo e entrar em contato com um jovem (escoteiro ou escoteira) de outro país do Cone Sul, via radioamador ou Echolink, documentando o contato com os dados pessoais obtidos para troca de eventual correspondência, formal ou eletrônica.
d) Participar de um Home-Hospitality, recebendo por pelo menos dois dias em sua casa, um escoteiro de outro país do Cone Sul, relatando posteriormente a sua seção sua experiência com relação aos costumes do convidado e as dificuldades/facilidades de comunicação, bem como as características que temos em comum.

Geografia

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

a) Organizar um mural sobre os países do Cone Sul e divulgar para a seção ou para o Grupo Escoteiro;
b) Pesquisar locais em outro país do Cone Sul, indicando onde poderiam ser realizadas atividades como: trilhas, acampamentos, escaladas, travessias, etc e divulgar no site da seção ou do Grupo Escoteiro;
c) Pesquisar os principais pontos turísticos de pelo menos dois países do Cone Sul.
d) Montar um quadro comparativo contendo as principais diferenças de clima, flora, fauna e relevo de pelo menos 3 países do Cone Sul.

INSÍGNIA DO CONE SUL – RAMO SÊNIOR

Insígnia Cone Sul Sênior

Escotismo

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

a) Participar de um Jamboree Panamericano ou outra atividade com escoteiros de outros países do Cone Sul.
b) Participar de um JOTA – Jamboree on the Air, comprovando os contatos realizados com outros escoteiros do Cone Sul, por meio do “cartão QSL da estação” recebido.
c) Organizar uma coleção de distintivos, com pelo menos 30 peças, contendo distintivos de pelo menos 3 países diferentes do seu.
d) Entrar em contato com um escoteiro de outro país do Cone Sul (pessoalmente, via internet ou radioamador), programar uma atividade, com duração mínima de 2 horas, que seja totalmente típica naquele país e aplicá-las em sua ou em outra seção do grupo;

Cultura

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

a) Participar de um evento cultural em conjunto com outros cidadãos de países do Cone Sul.
b) Organizar um Jantar típico para sua Seção, de um país do Cone Sul, a sua livre escolha. O jantar poderá ser organizado pela Patrulha ou Equipe de Interesse. Neste jantar deverá ser servido um menú típico (bebida típica, prato principal, acompanhamentos e sobremesa), os participantes deverão estar usando trajes típicos, música típica e deverá ser realizada uma apresentação artística. O jantar poderá ser organizado pela Patrulha ou Equipe de Interesse.
c) Escrever uma peça com um escoteiro de outro país do Cone Sul e apresenta-la para a seção, considerando cenário e caracterização dos personagens.

Linguagem e Comunicação

Realizar pelo menos duas, sendo obrigatória a primeira:

a) Participar ativamente de um debate (pessoal, via internet ou radioamador) com, pelo menos, mais duas pessoas de outro país do Cone Sul; sobre um tema de abrangência global da atualidade.
b) Criar uma comunidade, ou grupo, em alguma rede social, com jovens e adultos de outros países do Cone Sul e mantê-la atualizada com notícias e informações úteis por pelo menos quatro meses.
c) Criar um “Jornal Mural” na Sede de seu Grupo Escoteiro e mantê-lo atualizado com notícias úteis do Cone Sul por pelo menos quatro meses.
d) Participar de um Home-Hospitality, recebendo por pelo menos quatro dias em sua casa, um escoteiro de outro país do Cone Sul, apresentando posteriormente para sua seção um relato das atividades desenvolvidas (pontos turísticos visitados), bem como as impressões do convidado em relação ao nosso país.

Geografia

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

a) Preparar um roteiro de viagem para outro país do Cone Sul, considerando os pontos turísticos a serem visitados, transporte, orçamento e campanha financeira, segurança e cronograma de ações.
b) Visitar um outro país do Cone Sul, fazendo uma apresentação posterior a sua seção, mostrando fotos e vídeos dos locais visitados, principais traços culturais, gastronomia, curiosidades, etc.
c) Fazer uma apresentação áudio visual sobre o Mercosul para sua Tropa, explicando os principais objetivos, países que o integram e seu ponto de vista quanto a sua importância.
d) Elaborar um projeto de atividade aventureira em outro país do Cone Sul.

 

INSÍGNIA DA LUSOFONIA – RAMO ESCOTEIRO

Insígnia Lusofonia Escoteiro

Linguagem e Comunicação:

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

1) Acompanhar as principais notícias de um site de notícias ou jornal de outro país Lusófono, por pelo menos duas semanas, e apresentar uma coletânea para a sua Seção.
2) Ler um livro originário de outro país Lusófono e apresentar um resumo para sua Seção.
3) Entrar em contato com um jovem escoteiro ou escoteira de outro país da CEL (através da escrita) para produzir uma notícia de uma atividade que ele tenha realizado.
4) Entrar em contato com um jovem escoteiro, ou escoteira, de outro país da CEL, por meio de contato via radioamador, comprovando o contato com apresentação de cartão QSL ou correspondência, formal ou eletrônica, que contenha os dados do contato: data/hora, faixa/frequência e nomes/indicativos das estações envolvidas.
5) Participar de um Home-Hospitality, recebendo por pelo menos dois dias em sua casa, um escoteiro de outro país lusófono, relatando posteriormente a sua seção sua experiência com relação aos costumes do convidado e as dificuldades/facilidades de comunicação, bem como as características que temos em comum.

Escotismo:

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

  1. Aprender uma canção e ensiná-la à seção (via internet ou pessoalmente);
  2. Preparar um prato típico da culinária mateira, que seja popular em outro país Lusófono, e que seja desconhecido dos Escoteiros do Brasil.
  3. Participar de um Encontro Lusófono em um Jamboree.
  4. Apresentar para sua Tropa como é o Escotismo em pelo menos 3 países Lusófonos (uniforme, distintivos, idades para ingresso, símbolo da associação, estrutura, etc).
  5. Participar de um JOTA – Jamboree on the Air, comprovando os contatos realizados com outros escoteiros da CEL, por meio do “cartão QSL da estação” recebido.

Cultura:

Realizar pelo menos três, dentre as opções abaixo:

  1. Fazer uma peça de artesanato de outro país lusófono;
  2. Fazer um jantar completo para a sua patrulha com comidas típicas de outro país lusófono;
  3. Fazer uma esquete baseada em uma lenda ou conto de um outro país lusófono.
  4. Fazer um recital de poemas, poesias e declamações de outro país lusófono na seção;
  5. Promover um sarau com músicas de bandas e artistas de outros países lusófonos que sejam cantadas em português;
  6. Editar um vídeo com canções ou danças populares de outro país e divulgar para o Grupo Escoteiro.

Geografia:

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

  1. Organizar um mural sobre os países lusófonos e divulgar para a seção ou para o Grupo Escoteiro;
  2. Pesquisar locais em outro país lusófono onde poderiam fazer trilhas, acampamentos, escaladas, travessias, etc e divulgar no site da seção ou do Grupo Escoteiro;
  3. Pesquisar pontos turísticos em outro país lusófono e apresentar à seção;
  4. Montar um quadro comparativo contendo as principais diferenças de clima, flora, fauna e relevo de pelo menos 3 países lusófonos.

 

INSÍGNIA DA LUSOFONIA – RAMO SÊNIOR

Insígnia Lusofonia Sênior

Linguagem e Comunicação:

Realizar pelo menos duas, sendo obrigatória à primeira:

a) Participar ativamente de um debate (pessoal, via internet ou radioamador) com, pelo menos, mais duas pessoas de outro país lusófono; sobre um tema de abrangência global da atualidade.
b) Criar uma comunidade em alguma rede social, com jovens e adultos de outros países lusófonos e mantê-la atualizada com notícias e informações úteis por pelo menos quatro meses.
c) Criar um “Jornal Mural” na Sede de seu Grupo Escoteiro e mantê-lo atualizado com informações úteis (notícias, dicas, etc.) por pelo menos quatro meses.
d) Criar e divulgar uma Rodada de Radioamadores periódica (semanal ou mensal), em HF ou Echolink, com participação de membros do Movimento Escoteiro de outros países lusófonos por, no mínimo, 8 encontros comprovados por meio de LOGs (registro de comunicados), chancelados pela Equipe Regional ou Nacional de Radioescotismo.
e) Participar de um Home-Hospitality, recebendo por pelo menos quatro dias em sua casa, um escoteiro de outro país do Cone Sul, apresentando posteriormente para sua seção um relato das atividades desenvolvidas (pontos turísticos visitados), bem como as impressões do convidado em relação ao nosso país.

Escotismo:

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

  1. Participar de um Encontro Lusófono em alguma atividade internacional.
  2. Organizar uma coleção de distintivos, com pelo menos 50 peças, contendo distintivos lusófonos de pelo menos 3 países diferentes do seu.
  3. Entrar em contato com um escoteiro de outro país lusófono, em conjunto com ele programar uma atividade que seja totalmente típica naquele país, com duração mínima de duas horas, e aplicá-la em sua ou em outra seção do grupo escoteiro;

Cultura:

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

  1. Participar de um evento cultural em conjunto com outros cidadãos de países lusófonos.
  2. Organizar um Jantar típico para sua Seção, de um país lusófono, a sua livre escolha. Neste jantar deverá ser servido um cardápio típico (bebida típica, prato principal, acompanhamentos e sobremesa), os participantes deverão estar usando trajes típicos, música típica e deverá ser realizada uma apresentação artística.
  3. Escrever uma peça com um escoteiro de outro país lusófono e apresentá-la para a seção, considerando cenário e caracterização dos personagens.

Geografia:

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

  1. Preparar um roteiro de viagem para outro país lusófono, considerando os pontos turísticos a serem visitados, transporte, orçamento e campanha financeira, segurança e cronograma de ações.
  2. Visitar outro país lusófono, fazendo uma apresentação posterior a sua seção, mostrando fotos e vídeos dos locais visitados, principais traços culturais, gastronomia, curiosidades, etc.
  3. Elaborar um projeto de atividade aventureira em outro país lusófono.

UA-98225488-1