LABRE DEFENDE NOSSAS FREQUÊNCIAS

LABRE atua para proteger os Radioamadores de interferências

2013-01-11-Foto.03-Marcondes-PP5PME e Christian-PY3FOX e Escoteiros no IV Camporee Sul.2013

O GDE, Grupo ad-hoc de Gestão e Defesa Espectral da LABRE, atuou durante os últimos 2 meses em 6 regulamentos técnicos visando à contenção de interferências e proteção o espectro eletromagnético do Serviço de Radioamador.

O Regulamento Técnico de Qualidade do Inmetro para Iluminação Pública por Lâmpadas a Descarga e LED aceitou contribuição da LABRE pela inserção da norma internacional CISPR-15 de compatibilidade eletromagnética (EMC), que estabelece limites de emissividade e métodos de medição.

Preocupação adicional foi também dedicada aos reatores eletrônicos. A LABRE/GDE, como membro ativo da Comissão Técnica de Equipamentos e Dispositivos Eletroeletrônicos do Inmetro, foi consultada para atualização dos regulamentos que certificam esse produto, assim como para estabilizadores, ventiladores e filtros de linha. Os regulamentos estão em estudo pelo instituto e a LABRE/GDE indicou as respectivas normas de proteção do espectro.

Em abril a LABRE/GDE atuou na Consulta Pública do Inmetro sobre revisão do Regulamento de Avaliação da Conformidade para Eletrodomésticos, que abrange um volume imenso de produtos. Neste caso foram propostos o respeito aos quesitos de EMC das normas CISPR-14. O regulamento também está em estudo pelo Inmetro.

labreNo mesmo período o GDE também atuou em relação aos conversores de TV Digital a serem distribuídos pelo governo federal aos detentores da Bolsa Família. Sem EMC as eventuais fontes chaveadas internas dos conversores poderiam causar interferências em várias faixas de rádio. Contatos foram realizados com membros do GIRED (Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV) e comunicações oficiais da LABRE foram protocoladas na Anatel, o que levou ao reconhecimento da demanda e inclusão do quesito para os conversores a serem escolhidos pelo grupo.

Seguramente o conjunto de equipamentos cobertos nessas ações não esgota todo potencial interferente provindo de diversas fontes não intencionais, mas a LABRE continua ativa como representante institucional no sentido de alertar e incentivar os agentes responsáveis pela adoção de normas e ações para reduzir as rádio interferências, um problema crônico e estrutural no Brasil.

Seja um associado da LABRE e apoie o GDE.

Informações em http://www.radioamadores.org

 

LABRE/GDE

21 de abril de 2015


UA-98225488-1